Valdevan Noventa - Um líder não nasce por acaso!

10 de Fevereiro de 2021

“Faltou esclarecer que indiciado não é condenado”, afirma Valdevan Noventa

“Faltou esclarecer que indiciado não é condenado”, afirma Valdevan Noventa

Prestes a completar um ano da polêmica causada pelos vídeos viralizados de um momento isolado da live beneficente do cantor Kaelzinho Ferraz – quando o deputado federal Valdevan Noventa apareceu no palco do cantor – o assunto volta à tona por um veículo sergipano. Para o parlamentar, a reportagem tem sido extemporânea e com objetivo duvidoso.

“O título da reportagem por si só já é bastante polêmico. Muitas pessoas não entendem que indiciado não é condenado. Primeiramente, porque o tema foi objeto de inquérito, ou seja, investigação do Ministério Público e Ministério Público não condena”, explicou o deputado.

Valdevan Noventa também esclareceu que o assunto será tratado em audiência preliminar no próximo dia 18 de março, conforme o despacho assinado pelo juiz Edno Aldo Ribeiro de Santana, datado em 5 de novembro de 2020. “Causa-me estranheza, a pauta do veículo ser somente agora. Quase um ano dos acontecimentos e há quatro meses do despacho que definiu a audiência. Mas, minha consciência está tranquila e, tudo o que eu já disse nos autos do inquérito torno a repetir. Não organizei festa nenhuma, cedi um espaço, fui convidado a subir ao palco, me pronunciei, agradeci e deixei o local, apenas isso”, afirmou Noventa.

O parlamentar afirmou ainda que segue seu trabalho em Brasília atuando pelos municípios sergipanos e encaminhando emendas para todas as cidades do estado. “Nosso trabalho está a todo vapor”, finalizou.