Valdevan Noventa - Um líder não nasce por acaso!

6 de Março de 2018

Mais de mil trabalhadores participam da primeira assembleia da Campanha Salarial

Mais de mil trabalhadores participam da primeira assembleia da Campanha Salarial

Sucesso absoluto. Assim o presidente do SINDMOTORISTAS, Valdevan Noventa, definiu a primeira assembleia da Campanha Salarial 2018, realizada na tarde dessa terça-feira (06), na quadra da Escola de Samba Unidos da Vila Maria. Mais de mil trabalhadores das zonas Leste e Norte puderam elencar suas propostas para a pauta de reivindicações.

Em sua maioria, os discursos dos diretores destacaram as implicações negativas da nova Lei Trabalhista que alterou mais de 100 artigos da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) e deve pautar as próximas negociações com o patronal.  Para os dirigentes, os companheiros não devem guardar ilusões, o jogo deve ser duro e o enfrentamento inevitável. A econômica nacional que continua com o pé no freio e o desemprego beirando os 13 milhões de pessoas também são complicadores que foram lembrados na assembleia.

Por outro lado, a categoria pode contar com a liderança e a determinação de Valdevan Noventa, que foram decisivas para a garantia da manutenção dos 19 mil cobradores no sistema e que certamente serão fundamentais para buscar melhorias no acordo coletivo.

Noventa disse aos trabalhadores que o mote da campanha deixa claro para os empresários de ônibus e para o Poder Público que os condutores farão uso de todos os recursos para barrar qualquer mudança relacionada a essa legislação que só interessa ao setor econômico. “No direito dos trabalhadores não se mexe, amplia-se”.

O presidente do sindicato enfatizou a necessidade de se fazer uma campanha pé no chão, defendendo uma pauta de reivindicações coerente com a situação do País, hoje com uma inflação em torno de 3%. Criticou os oportunistas que criam falsas expectativas no meio da categoria sobre a possibilidade de conseguir um grande reajuste salarial. “Eles são levianos e maldosos que querem apenas promover a desunião dos trabalhadores e, consequentemente, enfraquecer o movimento. Felizmente, esse discurso mentiroso não tem eco na categoria. Vamos buscar a valorização dos nossos direitos fazendo juntos a luta”.

Ainda no evento, foram lidos os nomes dos trabalhadores das garagens das zonas Leste e Norte que estão na comissão que participará das rodadas de negociações salariais.

Noventa colocou em votação alguns pontos que vão compor a pauta de reivindicações: aumento salarial de 5%; PLR de R$2.000,00; vale refeição de R$25,00; convênio odontológico gratuito; e salário diferenciado para motoristas de articulados, biarticulados e trólebus de 20% acima do salário convencional.

A proposta foi aprovada por unanimidade e o presidente fez o encerramento convidando os companheiros para prestigiarem a assembleia dos companheiros das zonas Sul e Sudeste nesta quarta-feira (07).