Valdevan Noventa - Um líder não nasce por acaso!

10 de Abril de 2018

Na zona leste, sindicato cumpre papel social

Na zona leste, sindicato cumpre papel social

Responsabilidade social é um dos principais valores do SINDMOTORISTAS e do presidente Valdevan Noventa. A cada dia, o sindicato busca apoiar ações em prol do desenvolvimento dos cidadãos. Na zona leste por exemplo, cerca de 300 pessoas participam ativamente de projetos sociais como aulas de ginástica e capoeira.

Há 18 anos, o SINDMOTORISTAS abre as portas da entidade para levar qualidade de vida não apenas à categoria, mas para crianças, jovens, adultos e idosos que buscam lazer, exercícios físicos ou até mesmo um tratamento de reabilitação, após problemas de saúde. As atividades acontecem na Subsede Leste do Sindicato, em São Miguel Paulista, em um espaço disponibilizado para atender os trabalhadores em transporte e seus familiares, além de toda a população.No local, é possível encontrar cursos gratuitos de ginástica e alongamento, além das aulas de capoeira, que já se tornaram referência para o público.

“Desde 1999, o Sindicato tem feito o melhor para a comunidade. Podemos dizer que o SINDMOTORISTAS tem mesmo um projeto social que faz a diferença. É o único que é gratuito e realmente beneficia toda a comunidade local. Além disso, trabalha desde a primeira infância até o idoso, sem limite de idade”, explicou o professor de educação física e responsável pelas aulas, Luis Alves Mariano. Ele trabalha em parceria com o mestre de capoeira, José das Neves, conhecido como Falco. Ambos são moradores da região e já realizavam um importante trabalho na comunidade, quando foram convidados a integrar o projeto do Sindicato.

Inicialmente, membros do próprio SINDMOTORISTAS atuavam no espaço. No entanto, como não tinham condições de dar continuidade, decidiram contar com o apoio de Luis para que a iniciativa continuasse. Desde então, o retorno tem sido positivo. Atualmente, cerca de 200 idosas estão matriculadas. Já a capoeira conta com mais de 100 alunos. A prioridade fica para motoristas, cobradores e funcionários da manutenção. No entanto, fazem parte do projeto moradores de diferentes regiões como Suzano, Itaquaquecetuba, Guarulhos e outros bairros da Zona Sul de São Paulo.

“O projeto foi crescendo e o Sindicato sempre dando apoio. Com o passar do tempo construíram outro salão e, hoje, mais pessoas foram são beneficiadas. Não tem espaço igual ao nosso. Hoje é a população que precisa retribuir ao sindicato por tudo o que tem feito ao longo desses anos. É uma iniciativa maravilhosa, pois é difícil encontrarmos empresas ou sindicatos que realmente contribuem com a comunidade e o sindicato já faz isso há 18 anos. A comunidade tem que se sentir privilegiada e orgulhosa de ter um sindicato que faz isso por eles. É um parceiro, amigo. Temos que tirar o chapéu”, destacou o mestre Luiz.

Para fazer a matrícula, é necessário apresentar atestado médico, preencher uma ficha relatando as condições de sáude e levar documentos como foto 3×4, xerox do RG e comprovante de residência. Além disso, também é preciso um quilo de alimento não perecível. Todos os produtos são distribuídos para abrigos e instituições de caridade. Famílias necessitadas também vão retirar itens arrecadados na Subsede. “Desenvolver projetos sociais faz parte da nossa missão, que visa oferecer melhores condições de vida para os trabalhadores e toda a comunidade. É um orgulho poder manter esse projeto por tantos anos e permitir que ele continue vivo e ajudando tantas pessoas”, afirmou o presidente do SINDMOTORISTAS, Valdevan Noventa.

A Subsede Leste fica na Rua Quilombo do Ambrósio, nº75, em São Miguel Paulista. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (11) 3346-5847/ 2943-5261/ 2943-9367