Valdevan Noventa - Um líder não nasce por acaso!

21 de Março de 2018

Trabalhadores da manutenção estão entre as prioridades de Valdevan Noventa

Trabalhadores da manutenção estão entre as prioridades de Valdevan Noventa

Desde o início da administração de Valdevan Noventa, o SINDMOTORISTAS tem colocado como prioridade a valorização dos trabalhadores da manutenção. Prova disso está na conquista do Plano de Cargos e Salários, além de pontos específicos na pauta de reivindicações da Campanha Salarial deste ano.

Entre os pleitos da campanha, está a equiparação dos salários dos borracheiros e manobristas, por exemplo. A expectativa é que os trabalhadores obtenham mais essa conquista, pois desde que assumiu a presidência do Sindicato, Noventa tem demonstrado atenção especial a este grupo constituído por funileiros, mecânicos, eletricistas, pintores, moleiros, soldadores, fibreiros e motoristas. Ao todo, são quase 5 mil companheiros.

Assim que assumiu a liderança do Sindmotoristas, Noventa garantiu que os trabalhadores de manutenção deixassem de ser explorados. A implantação do Plano de Cargos foi um dos primeiros passos para regularizar a situação desses funcionários. Em seguida, a mobilização do Sindicato assegurou o fim das nomenclaturas do setor, valorizando a remuneração desses companheiros.

O feito trouxe uma nova realidade aos funcionários, considerados o coração do sistema. São anos de melhorias, que estão longe de acabar. A cada reunião frente aos empresários, Noventa busca atender aos anseios do setor, que é responsável pelo bom funcionamento dos ônibus.

“Há cerca de cinco anos lutamos para que os companheiros da manutenção sejam tratados com dignidade e valorizados por todo o seu empenho diante do sistema de transporte da maior capital do país. Mas, ainda temos muito o que fazer e a campanha salarial deste ano vai mostrar isso. Nossa pauta contempla esse grupo, que assegura o trabalho feito por motoristas e cobradores. Se é equiparação de salários o que eles querem, é o que vão ter. Não fugimos à luta e a nossa missão é sempre defender os direitos dos nossos trabalhadores”, afirmou o presidente Valdevan Noventa.

E a primeira batalha já tem data marcada, acontecerá em 29 de março em local a ser confirmado, quando a diretoria do Sindicato terá a primeira reunião de negociação com o patronal. O segundo encontro será em 5 de abril. Os próximos ainda não têm data marcada. A data base da categoria é 1º de maio. Até lá deverão ser definidas cláusulas econômicas e sociais. “Estamos prontos e vamos vencer”, disse Noventa.