Valdevan Noventa - Um líder não nasce por acaso!

8 de Março de 2018

Valdevan Noventa homenageia trabalhadoras no Dia Internacional da Mulher

Valdevan Noventa homenageia trabalhadoras no Dia Internacional da Mulher

Pelo quinto ano consecutivo, o SINDMOTORISTAS, presidido por Valdevan Noventa,  promoveu evento em homenagem às trabalhadoras da categoria pelo Dia Internacional da Mulher. O auditório do sindicato  ficou lotado de companheiras que foram, primeiramente, recepcionadas com um café da manhã e, depois, com uma programação de atividades.

Noventa abriu os trabalhos prestigiado por uma seleta mesa de convidadas, entre elas: Marlene Campos, presidente do PTB Mulher; Leci Brandão, deputada estadual e sambista da melhor qualidade; Karina Sampaio, Confederação das Mulheres Brasileiras; Rosina Conceição, União Brasileira de Mulheres; Cátia Laurindo, secretária nacional da Promoção da Igualdade Racial e Gênero da NCST e a organizadora do evento, a secretária das Mulheres, Edna Andrade.

Em várias citações, Noventa teve sua luta incansável por uma sociedade mais justa, por respeito às diferenças e pela igualdade de direitos reconhecida. As companheiras ressaltaram a importância de ter mais homens trabalhando pela valorização das mulheres.

“É um líder sindical que promoveu a inclusão das mulheres numa categoria predominante formada por homens. A sua gestão tem feito um trabalho maravilhoso, elevando o número de trabalhadoras de 1.200 para mais de 5.500, entre motoristas, cobradoras e trabalhadoras da manutenção”, lembraram.

A secretária da Mulher Edna enfatizou as conquistas obtidas por essa gestão no acordo coletivo como a ampliação da licença maternidade de 120 dias para 180 dias e, também, a exigência para que as empresas tenham no seu quadro de funcionários 30% de mulheres. Em tempo de campanha salarial, Edna entregou ao presidente do sindicato uma sugestão de pauta que consiste no abono do ponto quando as companheiras tiverem que levar seu filho ao médico e que 30% das unidades dos projetos habitacionais voltados para a categoria sejam destinadas às trabalhadoras, que muitas vezes são mãe e pai  nas suas famílias.

Dra. Cláudia Luna, especialista em Previdência, abordou o tema indigesto da nova Lei Trabalhista que afetou os trabalhadores e, em especial, as mulheres com a jornada intermitente e a permissão absurda de gestante trabalhar em lugar insalubre. “Felizmente a reforma da Previdência não vingou, mas é preciso atenção, porque o texto pode voltar para a pauta do Congresso Nacional depois das eleições de outubro”.

Atendendo a pedidos, a deputada Leci Brandão se despediu cantando um dos seus sambas junto com a plateia animada.

O presidente Noventa e sua diretoria reservou uma surpresa ao final do evento ao sortear seis televisores e vários kits de beleza da famosa marca Mary Kay.