Valdevan Noventa - Um líder não nasce por acaso!

22 de Fevereiro de 2019

Valdevan Noventa tem semana intensa de trabalho em Brasília: nossas ações chegarão aos 75 municípios

Valdevan Noventa tem semana intensa de trabalho em Brasília: nossas ações chegarão aos 75 municípios

O deputado federal Valdevan Noventa (PSC-SE) teve uma semana de trabalho intensa em Brasília. O parlamentar participou de todas as votações no Plenário da Câmara, recebeu prefeitos, participou de encontros no PSC e com a bancada federal de Sergipe. “Em Brasília todos os dias são decisivos. Essa semana, recebemos a proposta de reforma da Previdência (PEC 6/19) e já estamos analisando. Nossa decisão será baseada na opinião popular. O que for melhor para o trabalhador contará com o meu apoio”, disse Valdevan.

Além da pauta do Congresso Nacional, Valdevan atendeu os prefeitos de Tomar do Geru, Pedrinho Balbino, a prefeita de Monte Alegre, Nena de Luciano e o deputado estadual Dr. Samuel Carvalho. Os prefeitos trataram de novos investimentos para seus municípios nas áreas da saúde e da infraestrutura urbana. “Nossa equipe está preparada para atender a todos os prefeitos que nos procurarem. O nosso trabalho será chegará nos 75 municípios”, afirmou o deputado.

O parlamentar esteve por duas vezes em eventos relacionados ao PSC, ele participou de reunião da bancada federal do partido com o presidente da sigla cristã, Pastor Everaldo Pereira; já em um segundo momento integrou o encontro com os presidentes dos diretórios do partido nos estados. Neste evento também estiveram presentes deputados federais, estaduais e os governadores do Amazonas, Wilson Lima, do Rio de Janeiro, Wilson Witzel.

Encontro com bancada federal de Sergipe

Na mesma semana, Valdevan participou do encontro com a bancada federal de Sergipe, organizada pelo prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira. O objetivo foi ampliar o diálogo com deputados e senadores em defesa dos pleitos de Aracaju junto ao Governo Federal. “Temos responsabilidade com os projetos da nossa Capital, principalmente, com as comunidades mais carentes”, completou Valdevan.