Valdevan Noventa - Um líder não nasce por acaso!

5 de novembro de 2018

Com bancada sergipana, Valdevan Noventa participa de audiência que destina emendas de R$ 169 milhões

Na última terça-feira (30), o recém-eleito deputado federal, Valdevan Noventa (PSC), foi a Brasília participar de uma importante audiência pública que definiu a distribuição de R$ 169 milhões em emendas impositivas do OGU (Orçamento Geral da União) a Sergipe para o ano de 2019.  Participaram do encontro, prefeitos, secretários de estado, deputados federais, senadores e o governador do estado.

“As emendas impositivas são aquelas definidas em consenso e que o Governo tem a obrigação de executá-las. A audiência serviu para que os parlamentares (deputados e senadores) apresentassem as suas propostas e discutissem o destino dos recursos para o próximo ano. Aprofundando as conversas com os representantes municipais, chegamos a um denominador benéfico para todos”, explicou o deputado federal Valdevan Noventa.

Conforme informações, o valor a ser destinado a Sergipe será de R$ 169 milhões de reais. “Desse total, três emendas precisam, obrigatoriamente, ser destinadas às áreas de Saúde Educação e Segurança”, contou Valdevan Noventa.  Desse montante, R$ 69 milhões serão destinados para a Educação do Estado e R$ 100 milhões serão divididos em cinco emendas iguais de R$ 20 milhões. Uma para a Saúde, uma para Segurança, uma para Universidade Federal de Sergipe (UFS) para que sejam aplicados no Campus do Sertão, uma para o CODEVASF investir em equipamentos para diversos Municípios e a última para a capital. “A emenda de Segurança será direcionada para recursos em viaturas das polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Guardas Municipais. A Segurança Pública precisa de atenção imediata”, informou Noventa.

“É nossa função na Câmara dos Deputados garantir que os impostos pagos pela população sejam respeitados e tenham retorno aos municípios, em forma de estrutura e atendimento adequado nas unidades de saúde, nas escolas e na segurança. Além disso, temos as emendas individuais para destinarmos aos municípios, as quais iremos estudar as necessidades pontuais de cada município e região”, contou o deputado.